Por nossa terra, por nossa gente!

O agronegócio colocou Mato Grosso no mapa do mundo. Mato Grosso alimenta o país e parte do planeta, mas nossa força política não corresponde ao nosso poder econômico. Não é justo que Mato Grosso patrocine outros estados, enquanto aqui continuamos de pires na mão à espera de investimentos em áreas fundamentais que nunca chegam ou, quando chegam, nunca são suficientes.

O resultado é o surgimento de bolhas de prosperidade, enquanto a maioria de nossas cidades e de nossa gente fica vendo a riqueza passar para lá e para cá sobre rodas de caminhões sem se beneficiar dela. Nosso povo merece mais, muito mais.

Quero ser senador de Mato Grosso para trazer de volta os recursos que saem daqui em forma de impostos mas não voltam em forma de obras, benefícios e investimentos para todos os mato-grossenses.

Este meu Plano de Atuação tem objetivos muito claros. Um senador não pode tudo, mas pode muito. Eu quero representar a força política de Mato Grosso, na mesma proporção e grandeza de sua força econômica. Quero representar o trabalho, a obstinação, a esperança dos mato-grossenses no Senado Federal e trazer para cá as verbas necessárias para que Mato Grosso possa fazer por nossa gente o que é preciso.

Isso significa mais oportunidades para os jovens, para homens e mulheres. Isso significa mais prosperidade para aqueles que estão ligados no presente e de olho em um futuro melhor. Isso significa mais desenvolvimento, melhor distribuição de renda, uma vida melhor para todos.

Esse é o meu propósito, a minha missão. É para isso que quero ser senador de Mato Grosso. E de todos os mato-grossenses.

Um senador não pode tudo, mas pode muito.

Internet para todos: conectar pessoas do campo e da cidade à informação, ao mundo, ao conhecimento, mudando a vida dos mato-grossenses. A internet conecta, educa e qualifica.

Escolas de tempo integral em todo o estado, para reforçar o aprendizado e, ao mesmo tempo, buscar professores mais preparados. Com os filhos na escola integral, pais e mães podem trabalhar com mais tranquilidade.

Qualificação profissional para todos enfrentarem o desafio de um novo mercado de trabalho moderno e exigente. Melhores empregos, melhores salários.

Infraestrutura: Trazer asfalto para nossas estradas. Chega de poeira, chega de lamaçal. E ferrovias para escoar a produção.

Segurança nas fronteiras para combater o tráfico de drogas e de armas e diminuir a violência nas cidades e no campo.

Acompanhe o Fávaro nas redes!